Atrás de uma porta fechada

*Na escuridão de sua cela, já não vive!**O QUE É VIDA?*

Aonde estou?

Posted by Julian Elli em 2007/02/18

“Minha culpa…

é tão imensa e devastadora.

Meu toque é severo e frio porque tudo o que vejo está errado: o dia, o sol, a noite, a lua...

A morte não responde às minhas indagações. Ela, creio eu, de nada sabe, apenas, vive seu rito macabro e traiçoeiro.

Já a vida, esta sim, nunca existiu de fato. Porque ela não foi feita para ser real. Ela é utópica, falsa e leviana, uma so(m)bra da morte, então por isso não vivo.”

Universo desolador

Uma resposta to “Aonde estou?”

  1. OBS:Desculpe me se minhas palavras o agrediram, ou não foram dignias de serem postadas em seu “blog”. Mas o destino delas eram tão somente teu coração e teus olhos. Não sou de me promover, por isso de certa forma agradeço a discrição!

    Reciprocidade, essa é uma palavra difícil de ter seu sentido entendido por aqueles que despejam suas emoções, carências, e, talvez, afetos, em uma intensidade que os afogam. Ah! Tamanha é agônia de um coração que não conhece um vaso que não transborde com suas lagrimas e acabem se quebrando. Mas não estaria o erro nos olhos que escolhem tal vaso? Não estaria errado a falta de dicernimento sobre o que transparecer e quando transparecer tais espectativas?
    Talvez analizando de forma menos melancolica encontremos o erro ali…em nossas próprias escolhas…!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: